banner_vestibular_novo.jpg

ADMINISTRAÇÃO

dezembro 19th, 2013 | Posted by olga in Graduação

Autorização: Portaria Ministerial nº 2.070 de 31.10.199
Reconhecimento: Portaria Ministerial nº 413 de 08.02.2002
Renovação – Reconhecimento: Portaria Ministerial nº 3697 de 18.10.2005
Início de Funcionamento: ano de 1998
Turno de Funcionamento: Noturno
Carga Horária: 3.150 horas
Duração Mínima: 08 (oito) semestres
Requisitos: Conclusão do Ensino Médio ou Equivalente

O Bacharel em Administração deverá atuar em um mercado competitivo e em constante transformação,
com impacto profundo na vida política, social, econômica e cultural da sociedade.

Exige-se do Administrador uma formação generalizada – no sentido de domínio de conhecimentos sócioculturais
e ampla visão de mundo e conhecimentos afins – e, particularizada, através de conhecimentos
específicos e ênfases como opção de formação profissional.

Esta formação deve contemplar as relações teoria x prática e as exigências do cotidiano profissional,
alicerçada em sólida formação humanista, satisfatória instrumentalização e consistente formação específica
que oportunize domínio dos saberes, habilidades e competências requeridas. Estas preocupações
formativas deverão fornecer ainda a autoconfiança, sensibilidade, determinação e nível de organização
pessoal e profissional, além do desenvolvimento do espírito inovador e criativo, confiabilidade e habilidade
comunicativa e atualização tecnológica e científica.

As contribuições educativo-pedagógicas devem proporcionar ao Administrador:

1. formação humanista e visão global que o habilitem a compreender os ambientes econômico, político,
social, cultural, tecnológico e ecológico nas escalas local, regional, nacional e mundial onde está
inserido, tomando decisões em um mundo diversificado e interdependente, orientado por valores éticos
como justiça, integridade, imparcialidade e responsabilidade profissional, social e ambiental;

2. formação técnica e científica para atuar no planejamento e gestão de organizações públicas e privadas,
além de desenvolver atividades específicas da prática profissional em consonância com as demandas
mundiais, nacionais, regionais e locais;

3. competência para analisar, avaliar e implementar alternativas inovadoras;

4. capacidade de atuação nos diferentes setores do mercado;
compreensão da necessidade de contínuo auto-desenvolvimento e aperfeiçoamento, capacitando o
profissional a lidar com as crescentes exigências presentes nos diversos mercados consumidores;

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 Both comments and pings are currently closed.